#01 Mogli e as crianças selvagens

#01 Mogli e as crianças selvagens

No primeiro episódio do Chá das Cinco com Literatura discutimos “O livro da selva” (1894), do Rudyard Kipling. O escritor chegou a ganhar o Prêmio Nobel de Literatura em 1907.

A partir da leitura do livro, fazemos relações com o filme que está no momento em exibição nos cinemas, “Mogli, o menino lobo” (2016), e com o desenho da Disney, de mesmo nome, lançado em 1967.

Também falamos dos diversos casos ao longo da história das chamadas crianças selvagens, isto é, de crianças e jovens que viveram com animais ou não foram socializados. Os relatos vão desde lendas e mitos até a atualidade, com crianças que viviam debaixo dos nossos narizes sem qualquer real contato com o mundo ao redor. Os casos são pautados pela dificuldade em adquirir linguagem.

Deixe seus comentários aqui pra gente. Depois que terminamos de gravar e editar lembramos de outras coisas que gostaríamos de falar, a conversa nunca termina! Esperamos continuá-la por aqui nos comentários, por email ou em nossas páginas no Facebook, Twitter e Instagram.

Episódio #01 do podcast Chá das Cinco com Literatura

Neste episódio partimos do livro “O livro da selva”, do escritor Rudyard Kipling.

O que tem aqui:
– Apresentação: breve explicação do que consiste este podcast, esclarecimento quanto ao nome e quem somos nós.
– Apresentação do livro e do autor, Rudyard Kipling.
– Breve resumo dos contos do livro.
– Comentários acerca do livro.
– Comentários comparando livro, animação da Disney de 1967 e filme lançado este ano, em 2016.
– Casos reais de “crianças selvagens”: crianças e adultos não socializados com humanos.
– Outras indicações de filmes e livros sobre o tema.

2 thoughts on “#01 Mogli e as crianças selvagens

  1. Brena

    Olá! Por que não consigo baixar?

    1. Lívia Torquetti

      Olá!
      Você tentou baixar pelo site aqui mesmo? Está disponivel, fiz o teste, ainda está ok para baixar…no Itunes é que começamos a colocar a partir do quinto episodio apenas….

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *