#20: O Quinze de Rachel de Queiroz

#20: O Quinze de Rachel de Queiroz

Olá pessoal, no episódio desse mês falamos de “O Quinze” (1915) de Rachel de Queiroz.
Abordamos temas como as históricas secas do semiárido, de 1877 e 1915, do estado do Ceará; passamos pelos difíceis enfrentamos dos sertanejos, os campos de concentração e a busca por melhores condições em direção ao Norte e ao Sudeste. Falamos também sobre o aspecto religioso dos retirantes, sobre a opressão das condições materiais de vida e sobre a importância das políticas públicas e alternativas para a seca.

Relacionamos a obra com a adaptação de mesmo nome, do ano de 2004, discutindo semelhanças e as soluções fictícias que a obra propõe à literatura. Por fim, abordamos outras mídias e outras obras referentes aos temas.

Livros citados:

Memorial de Maria Moura (1992), de Rachel de Queiroz.
Vidas Secas (1938), de Graciliano Ramos.
Os sertões (1902), de Euclides da Cunha.

Música da nossa trilha sonora:

• Lamento Sertanejo – Marcos Araújo
• Lamento Sertanejo – Quinteto violado
• Presepada – Sa Grama – Trilha Sonora de “O auto da compadecida”
• Retirantes – Levi Leosan
• Roi Coro – Sa Grama – Trilha Sonora de “O auto da compadecida”
• Espera Maria – Sa Grama – Trilha Sonora de “O auto da compadecida”
• Xique-xique – Tom Zé

Deixe seus comentários aqui pra gente. Sempre que acabamos de gravar, lembramos de algo mais que poderia ser dito, logo o tema sempre fica em aberto.

Podcast:

00:01:17 Apresentação
00:03:45 Rachel de Queiroz e O Quinze
01:08:09 A adaptação
01:30:04 Outras indicações
01:38:16 Encerramento

O quinze (2004) http://www.imdb.com/title/tt0423024/
Vidas Secas (1963) http://www.imdb.com/title/tt0057654/

Links:

Na trilha da História https://www.youtube.com/watch?v=8FqK5ehKfH0

2 thoughts on “#20: O Quinze de Rachel de Queiroz

  1. Lilian

    Tava escutando em prestações mas finalmente terminei!!! Pra começar gostei muito da trilha sonora, tão de parabéns! Curti demais também a discussão petista sobre as políticas públicas de assistência, tem mesmo um abismo enorme entre as condições miseráveis de um tempo atrás e agora. Como o Rony falou é claro que ainda há muito a ser feito, mas o impacto é sem dúvida positivo, povo devia estudar mais história pra entender esse mundo.
    E obrigada pela lembrança! Eu só não ouço os episódios dos livros que eu não li mas ainda quero ler. Cês dão muito spoiler! Vou confessar que literatura agreste e sertaneja nunca me atiçou a curiosidade, mas depois desse episódio fiquei com vontade de ler sobre. E é isso, um beijo pra vocês!

    1. Lívia Torquetti

      Pois é, as vezes fica difícil de não dar spoiler mas acho que sempre damos spoiler hahahahahaha
      Que bom que gostou da trilha sonora, estava fazendo o episódio e pensando nisso, em como a música do nordeste é a mais legal mesmo!!
      Beijo Lélia

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *